A Escola de Música Nossa Senhora do Cabo tem com o Ministério da Educação um Contrato de Patrocínio
Aviso de acordo com o Despacho nº 23057/09 de 20 de Outubro
Financiamento ao abrigo do Despacho 17932/08 de 03 de Junho e Despacho º 15897/09, de 13 de Julho

Rua dos Lusiadas, Nº4A  2795-127   | Linda-a-Velha | email:geral@emnsc.pt   | T: 214146 610 |F:  214 146 619

© 2015 by  Social Media Marketing Lisboa

Todos os direitos reservados

IRMA SKENDERI

Nasceu em Tirana (Albânia). Iniciou a sua formação musical aos seis anos de idade, diplomando-se em Viola no Conservatório Jordan Misja, em 1992. Finalizou o Curso de Viola com a classificação máxima na Academia Delle Belle Arti (Tirana) com o Professor Arben Llozi.

 

Em 1994 prosseguiu os seus estudos de aperfeiçoamento na Scuola di Musica di Fiesole, com os professores Piero Farulli e Amadeo Baldovino, e mais tarde na Accademia Chigiana, com o professor Ricardo Brengola. Na Accademia Chigiana, obteve durante três anos consecutivos, com o Trio di Tirana, dois «Diplomi di mérito» (1995-96) e um «Diploma de Honra» (1997), sendo este o reconhecimento máximo atribuído nesta instituição. 

 

Em 1996 ganhou com a mesma formação o Prémio Especial do Júri no Concurso Internacional de Música da Câmara de Caltanisetta e também receberam o convite e a respetiva bolsa de estudo para participar no Internationalen Sommer Akademie Wien-Prag-Budapest. Apresentou-se no Gubbio Festival em concertos de música de câmara com o violoncelista Alain Meunier. Durante a sua formação trabalhou com prestigiados mestres da viola e da área de música de câmara, tais como os músicos do Quarteto Alban Berg, do Quarteto de Praga, Quarteto Italiano e Trio di Trieste. Realizou concertos quer de música de câmara quer como solista na Albânia, Itália, Grécia, Portugal, França, Áustria e Malta. 

 

Vive em Portugal desde 1998, onde também estudou com a solista Anabela Chaves. Trabalhou como solista B na Orquestra Filarmonia das Beiras até 2004 e tem vindo a colaborar com várias orquestras, tais como a Orquestra Clássica da Madeira, Orquestra Nacional do Porto, Remix Ensemble, Remix Orquestra e Orquestra Gulbenkian. É solista B da Orquestra Metropolitana de Lisboa desde setembro de 2005 e ocupa o lugar de Chefe de Naipe de Viola nesta orquestra desde 2011. 

 

Obteve o Mestrado em Música na ESML em 2012. Atualmente, leciona na Escola Profissional Metropolitana, na Escola de Música Nossa Senhora do Cabo (Linda-a-Velha) e Orquestra Geração. 

 

Em julho de 2014 participou nas audições públicas da Orquestra do Maggio Musicale Fiorentino, em Florença (Itália), sendo desde então convidada para trabalhar com esta orquestra por diversas vezes enquanto Solista A, apresentado-se, entre outros, com os maestros Daniel Cohen e Daniele Gatti, e com os solistas Maurizio Baglini e Aldo Ciccolini.