A Escola de Música Nossa Senhora do Cabo tem com o Ministério da Educação um Contrato de Patrocínio
Aviso de acordo com o Despacho nº 23057/09 de 20 de Outubro
Financiamento ao abrigo do Despacho 17932/08 de 03 de Junho e Despacho º 15897/09, de 13 de Julho

Rua dos Lusiadas, Nº4A  2795-127   | Linda-a-Velha | email:geral@emnsc.pt   | T: 214146 610 |F:  214 146 619

© 2015 by  Social Media Marketing Lisboa

Todos os direitos reservados

MARINA CAMPONÊS

Marina Camponês iniciou a sua experiência como professora de flauta transversal aos 18 anos em bandas filarmónicas na região de Leiria.

 

Posteriormente lecionou flauta na Academia de Música de Alcobaça, na Academia de Música de Orquestra em Lisboa e no Conservatório e Escola Profissional Canto firme de Tomar onde lecionou flauta e música de câmara.

 

Atualmente leciona flauta transversal e música de câmara no Conservatório de Música de Lisboa, Conservatório de Música Jaime Chavinha e Escola de Música Nossa Senhora do Cabo.

 

Foi professora convidada no projecto OCP2 e JOP organizado pela Orquestra de Câmara Portuguesa em 2013 e 2014 e no Estágio Nacional de Orquestra de Sopros de Portel de 2011 a 2014.

 

Conta com alunos laureados nos concursos nacionais Prémio Bomtempo, Paços Premium e Concurso de Flauta da EMNSC.

 

Particiou em masterclasses com Sandra Pina, Averil Williams, Olavo Barros, Nuno Inácio, Sophie Pérrier, Trevor Wye, Claudio Arimany , William Bennett, Jacques Zoon entre outros.

 

Em orquestra, trabalhou com os maestros Alberto Roque, Vasco Azevedo, Jean Sebastian Berreau, Rudolf Barshai, Joana Carneiro, Michael Zilm, Jean-Marc Burfin, Pedro Neves, Augustin Dumay, Christoph Campestrini, Laurence Foster, Bertrand de Billy, Scott Sandmeier, Theodor Guschlbauer, entre outros.

 

Colaborou com a Orquestra das Beiras, Orquestra de Sopros do Orfeão de Leiria, Orquestra Sinfónica e Orquestra de Sopros da Escola Superior de Musica de Lisboa, Orquestra A2M, Orquestra Académica da Metropolitana.

 

Colabora regularmente com Orquestra Metropolitana e Orquestra Gulbenkian, onde já foi convidada a colaborar como primeira flauta.

 

É membro do ensemble de música contemporânea Lisbon ensemble 20.21 com o qual participou no Festival Musica Viva, na temporada 2009/2010 da Fundação C.Gulbenkian, temporada de música dos Açores 2011 e festivais de música em Viseu e Salamanca.

 

Apresentou-se em público com diversas formações de música de câmara e a solo em Lisboa, Porto e um pouco por todo o país, onde se destacam o recital com o pianista Francisco Sassetti na Casa da Música do Porto e os recitais com a cravista Joana Bagulho no Festival CisterMusica 2011 e no programa Concerto Aberto da programação da Antena 2 em 2012, transmitido em direto.

 

É membro da Orquestra de Câmara Portuguesa desde Junho de 2014.

 

Concluiu o bacharelato na Escola Superior de Música de Lisboa no ano de 2007 na classe de flauta de Anthony Pringsheim e música de câmara nas classes de Olga Prats e Nuno Inácio. Concluiu em 2009 a licenciatura na Academia Nacional Superior de Orquestra na Classe de Flauta de Nuno Inácio, tendo como nota de exame final 19 valores.

 

Obteve 19 valores na prova final de flauta transversal no Mestrado em Ensino da Música com profissionalização na Academia Nacional Superior de Orquestra em parceria com a Universidade Lusíada.

Aguarda o agendamento da defesa da dissertação para concluir o mesmo.

 

Obteve o primeiro prémio no concurso ‘’Prémio Jovens Músicos 2010’’ na categoria de flauta transversal.

 

Apresentou-se como solista com a Orquestra Gulbenkian e Orquestra Metropolitana de Lisboa interpretando o concerto Pastoral para flauta e orquestra de Joaquín Rodrigo.